Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Pensamentos 3

por Luzia Pinheiro, em 26.10.06
se não arriscares nunca poderás saber o que irias viver com aquela pessoa especial...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:13

Anedota do dia

por Luzia Pinheiro, em 25.10.06

Um português e um brasileiro estavam conversando sobre suas propriedades, diz o brasileiro:

- que tamanho tem a sua propriedade?

resposta do português:

- para o padrão português tem um tamanho razoável...tem 1500 metros quadrados. E a sua?

responde o brasileiro:

- olhe, eu saio de jipe de manhã e ao meio-dia ainda não percorri metade da minha propriedade!

- pois é - manda o português - eu também já tive um jipe brasileiro...são uma merda!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:37

Pensamentos 2

por Luzia Pinheiro, em 22.10.06

Mas tem algum jeito começarem a passar na TV anúncios de brinquedos para o Natal mal acabaram os da campanha regresso ás aulas?!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 01:51

Pensamentos

por Luzia Pinheiro, em 17.10.06

 " É mais fácil ver os erros dos outros que os próprios; é muito difícil enxergar os próprios defeitos.  Espalham-se os defeitos dos outros como palha ao vento, mas escondem-se os próprios erros como um jogador trapaceiro"

( Buda Gautama Sakyamuni )

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:38

Amor é fogo que arde sem se ver

por Luzia Pinheiro, em 17.10.06
Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

                           Luís de Camões

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:33

Verdes são os campos

por Luzia Pinheiro, em 17.10.06
Verdes são os campos,
De cor de limão:
Assim são os olhos
Do meu coração.

Campo, que te estendes
Com verdura bela;
Ovelhas, que nela
Vosso pasto tendes,
De ervas vos mantendes
Que traz o Verão,
E eu das lembranças
Do meu coração.

Gados que pasceis
Com contentamento,
Vosso mantimento
Não no entendereis;
Isso que comeis
Não são ervas, não:
São graças dos olhos
Do meu coração.

              Luís de Camões

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:26


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D